processing

arte

descrição Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo> Saiba Mais

As bancas de jornal e os jornaleiros são a última etapa da cadeia de produção e distribuição dos produtos de jornalismo impresso e editoriais. Em Belo Horizonte, as bancas são quiosques de venda de publicações periódicas, instaladas em pontos estratégicos como esquinas e avenidas de grande movimento, como por exemplo a Praça Sete de Setembro. O diferencial dessas bancas é que elas contém bastante material didático para quem deseja prestar concursos públicos.

Mídia: Imagem


De forma simples como a palavra LAMBE-LAMBE - fotógrafo popular são profissionais que fotografam momentos que estão acontecendo no dia-a-dia das pessoas e que não estariam sendo registrados pela mídia convencional. Festas entre amigos, peças de teatro, shows, feiras e congressos, aventura e diversão, comemorações em desfiles cívicos, celebrações de datas especiais, praças e parques públicos, esporte e cultura, lugares do Brasil e exterior são documentados com sensibilidade.

Mídia: Vídeo


Estátua viva é uma performance artística em locais públicos de um artista de rua, imitando uma estátua com movimentos estáticos. Pausas sem movimento, controle sobre o corpo e técnicas e mímicas prendem a atenção dos espectadores.

Mídia: Imagem


No coração de Belo Horizonte, a poesia deixou a marca de seus versos escritos numa velha maquina de escrever no alto do edificio Helena Passig, no escritório das Centrais Eletricas de Furnas, em 1964. O título desses versos era Canção do Sal, uma canção de trabalho descoberta no ano seguinte pela cantora Elis Regina, que assim revelou ao Brasil o talento de Milton Nascimento, que trabalhava neste local como escrituário.

Mídia: Imagem



O Festival Mamute de artes integradas leva ao público da região de Lagoa Santa, uma diversidade cultural com muita música, artes visuais, literatura, fotografia e teatro.

Mídia: Vídeo


A feira de Artes e Artesanato da Avenida Afonso Pena, popularmente conhecida como feira Hippie, acontece todo domingo na capital mineira a mais de 41 anos. A feira conta hoje com cerca de 2500 expositores que vendem as mais diversas mercadorias.

Mídia: Imagem


Inaugurada em outubro de 2010, a sede do espanca! está localizada no hipercentro de Belo Horizonte, embaixo do tradicional viaduto de Santa Tereza. Ela está próxima a diversos centros culturais, praças cívicas e estações de transporte coletivo. Além de abrigar as atividades do grupo, o espaço está aberto a apresentações de espetáculos e eventos de arte contemporânea. Acompanhe a programação. *Descrição retirada do site. www.espanca.com

Mídia: Imagem


Mais um flyer, o do projeto Architettura Installation, que rolou dia 20 de julho de 2000 no Museu de Arte da Pampulha com o Taylor Deupree, o Steve Roder e o Panacea. O projeto era uma série de discos inspirados em arquitetura que a cineasta Iara Lee lançou por seu selo, o Caipirinha. A história com a Caipirinha começou por causa do Paulo Beto, do Anvil FX. A Motor Music havia lançado o disco dele e por causa disso ele foi convidado para participar de uma coletânea chamada Caipiríssima. No lançamento do disco, em New York, PB se apresentou ao lado da Andrea Marquee. Isso em maio de 2000. A Caipirinha havia lançado, um pouco antes, um documentário da Iara chamado Modulations. A Motor era a distribuidora do selo no Brasil. E só a título de curiosidade, o responsável pela distribuição, nosso contato dentro da gravadora, era o Daniel Kessler, que, já naquela época, tinha uma banda, chamada Interpol… O design gráfico é da Voltz. A produção da Architettura Instalation tour foi da Motor Music.

Mídia: Imagem